Loading...
standard

Hagatha, a bruxa! (Lore e Análise da Carta)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Saudações Jogadores! Vocês sabem quem é Hagatha?

A nova coleção de Hearthstone, o Bosque das Bruxas, trouxe uma nova personagem exclusiva que não existe em World of Warcraft. Trata-se de Hagatha, a Bruxa! Confira a história e a análise da carta.

Lore – Hagatha, a Bruxa

A cidade de Guilnéas vivia em paz, mas inquieta com as sombras da gigantesca floresta que se estendia além de suas muralhas. Embora austera e intimidante, aquela terra tinha riquezas, e os guilneanos — um povo bem peculiar que sofrem da maldição do Worgen, transformando-os em feras selvagens — tiravam dela seu sustento sem temor.

Outrora chamada de Floresta Negra, Hagatha, a bruxa, tomou para si como sua nova residência e amaldiçoou o local maculando o bosque, as árvores, espíritos e todos seres que lá viviam, tornando o bosque em um local assombrado Desde então os moradores de Gilnéas que residem nas proximidades passaram a chamar o local de o Bosque das Bruxas!

Desde então os guilneanos tem evitado o bosque das bruxas e aventureiros relatam que existem vultos disformes bruxuleando na névoa sobrenatural e até mesmo silhuetas se esgueirando até mesmo pelos becos e ruas de pedra da cidade durante a madrugada.

Carta de Herói – Hagatha, a Bruxa

Para analisar Hagatha, a Bruxa, precisamos analisar em qual contexto ela se encaixa melhor. Custando 8 manas e com um efeito de causar 3 de dano em todos os lacaios, apenas poderia entrar em decks Midrange ou Controle. O seu poder heróico diz que quando você jogar um lacaio você receberá uma carta aleatória de Xamã na sua mão, portanto um deck controle seria algo dificil de tirar valor já que normamente decks controle não possuem muitos lacaios. Resta então apenas o arquétipo Midrange.

Vamos verificar agora a viabilidade do poder heróico de Hagatha, a Bruxa. A primeira vista ela pode parecer mais fraca do que cartas como [Lyra, o Prisma Solar] ou [Tomo Cabalista], pois o Xamã não possui muitas cartas de feitiço boa. Porém será que isso é verdade?

Xamã é uma classe bem diversa, e possui feitiços de dano direto, compra de carta, buff, cura, dano em área, remoção de lacaio entre outros. É verdade que xamã tem feitiços ruins, mas  tirando alguns feitiços da coleção básica que tem interação com totens e [Pesca no Gelo] o restante dos feitiços de Xamã são descentes. Talvez você não queira gastar espaço do seu deck com uma carta como [Choque Terreno] ou [Fúria dos Ventos], mas se elas vierem de graça podem ter certa utilidade.

Outro ponto que os jogadores podem não estar dando tanta atenção é que agora teremos cartas com Eco, que podem ser jogadas várias vezes durante um mesmo turno. Portanto um deck Midrange com uma boa quantidade de cartas com Eco, pode acabar dando ao xamã o feitiço que ele precisa.

O deck Elemental Xamã ainda continuará no meta e com a adição de almas cartas de Eco, ou com novos elementais que possam aparecer, fará o deck ser consistente e com lacaios o suficiente para encontrar os feitiços que certos do poder heróico.

Por fim, vale lembrar que o poder heróico de Hagatha, a Bruxa, é um poder heróico passivo, e poderá ser ativado diversas vezes durante o mesmo turno, e nós sabemos o quão forte um poder heróico pode ser forte sendo utilizado muitas vezes em um mesmo turno. Agora imagine um efeito que gere recursos que o oponente não consegue fazer nada a respeito?

Conclusão

Hagatha, a Bruxa não é o melhor das cartas de herói, mas também não é tão ruim quanto alguns jogadores estão analisando, no deck certo ela pode tomar um efeito bola de neve ou achar um letal milagroso e certamente fará parte do meta, talvez não tão cedo pela falta de cartas para estruturar um deck ao seu redor, mas em médio prazo ela trará o xamã de volta para o meta.

Gostou do nosso artigo? Não se esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais e curtir a nossa página do Facebook para ficar ligado em todas novidades que o Ano do Corvo nos trará!

 

 

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×